Átomo artificial garante altas velocidades na transmissão de dados

Com condutividade elétrica mutável, transistor quântico permite maiores velocidades para computadores e outros sistemas eletrônicos.

(Fonte da imagem: University of Pittsburgh)A busca por tecnologias que permitam maiores velocidades na transmissão de informações não para. E os novos avanços no setor estão relacionados à utilização de túneis de elétrons que garantem velocidades muito maiores do que as que estamos acostumados. Para isso, os pesquisadores da Universidade de Pittsburgh criaram um transistor de apenas 1,5 nanômetros de diâmetro.

Transistor que trabalha em conjunto com alguns poucos elétrons. Poucos mesmo: são ativados entre zero e dois deles, sendo que cada modo de ativação representa um tipo diferente de condução elétrica. Segundo a revista Nature (especializada em ciência e tecnologia), realizando esse processo o sistema cria uma espécie de átomo artificial.

Estima-se que no futuro, principalmente quando chegarem os computadores quânticos, esses condutores possam ser utilizados para garantir mais velocidade na transmissão de informações.

Átomos artificiais

Até agora, já foram investidos cerca de 7,5 milhões de dólares no sistema, que funciona da seguinte maneira: a energia é convergida para uma ilha central, que pode armazenar os elétrons e, assim, criar as características de condutividade necessárias para cada situação.

Computação 
quântica

Com o átomo artificial, a central dos transistores pode gerar novos materiais eletrônicos artificiais que se adaptam melhor ao envio e recebimento de informações em altíssimas velocidades. São supercondutores mais eficazes e estáveis do que os que podem ser encontrados na natureza (e que são utilizados atualmente).

O nome dado pelos realizadores do projeto é SketchSET. Além dos cientistas e acadêmicos da Universidade de Pittsburgh, também participam do projeto pesquisadores da Universidade de Wisconsin, dos laboratórios de pesquisa da HP e também Pablo F. Siles, estudante de doutorado na Universidade Estadual de Campinas (do Brasil).

Fonte: Tecmundo.com.br
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s